Acessibilidade


Informe Educativo - Rede de Esgotos: a responsabilidade começa em casa

Sobre o Esgoto

Esgoto é o produto resultante da utilização da água para higienização e limpeza como lavagem de roupas, utensílios de cozinha, pisos, banhos, descargas de vasos sanitários, dentre outras.

Quando você abre a torneira, o chuveiro ou aciona a descarga do vaso, está iniciando a formação de esgotos. Essas águas, ainda dentro do imóvel, passarão por tubos, ralos e caixas de inspeção. Depois, seguem até as ruas, onde são conectadas à rede de esgotos, passam por poços de visita, estações elevatórias e se direcionam para tubulações de grandes diâmetros chamadas de coletores-tronco e interceptores. Os interceptores levam os esgotos até as estações de tratamento. Após tratados, são lançados em córregos, rios, lagos ou mar. 
 

Uso Consciente da Rede de Esgotos

- Lixo: O hábito de jogar lixo em pias, ralos e sanitários é prejudicial para a rede de esgotos. O lixo provoca entupimentos na rede, causando transbordamentos e o retorno de esgotos para seu imóvel. A responsabilidade com a rede de esgotos e com o meio ambiente começa em casa. Lugar de lixo é no lixo.

- Água da chuva: As ligações irregulares de água da chuva sobrecarregam a rede de esgotos. A vazão extra de água causa transbordamentos, e o esgoto pode retornar para seu imóvel. A responsabilidade com a rede de esgotos e com o meio ambiente começa em casa. Lugar de água da chuva é na rede de águas pluviais.


Recomendações:

  • Não jogue meias, fraldas, absorventes, lâminas de barbear, cotonetes, cigarros, areia, pneus e qualquer outro material sólido no esgoto ou no vaso sanitário. O material jogado e o esgoto podem retornar para seu imóvel.
  • Não desentupa o esgoto com produtos químicos. Utilize o desentupidor. Caso não funcione, experimente usar o arame.
  • Não descarte na rede de esgoto produtos como querosene, gasolina e solventes, pois podem causar explosões, colocando em risco a vida.
  • Água de chuva não é esgoto. A água dos pátios, telhados e áreas livres não pode ir para a rede de esgoto. Isso sobrecarrega a rede, e o esgoto vaza para a rua ou para dentro de sua casa.

Informe Educativo - Todo imóvel deverá ter um reservatório com capacidade para um dia

O Decreto nº 26.590, de 23 de fevereiro de 2006, nas “Disposições Gerais e Transitórias”, estabelece que: 

          Art. 66 - Todo imóvel com ligação de água deverá ser dotado de reservatório com capacidade para um dia de consumo. 

          Parágrafo único – A reservação e manutenção da qualidade da água após o hidrômetro, ou ponto de entrega, é de responsabilidade do consumidor.

 

O reservatório é importante para que você não fique sem água em sua casa, caso a Caesb precise fazer alguma manutenção na rede.

Além disso, esta caixa de água deve ser constantemente limpa (veja no menu "Educativo" como fazer a limpeza) e estar com a tampa bem fechada - para evitar entrada de sujeiras, insetos/animais e a proliferação do mosquito da dengue.

03/01/19 - Caesb consegue poupar Descoberto e o Santa Maria no ano de 2018

A Caesb conseguiu reduzir o volume de captação de água nas barragens de Santa Maria e do Descoberto, depois de ter ampliado a interligação do sistema e implantado as captações do Paranoá e do Bananal. A redução mais significativa ocorreu na captação do Santa Maria que baixou para 416,77 l/s, em média, no ano de 2018, o que representa apenas um terço do que foi captado em 2016 – 1.228,26 l/s, em média – e menos da metade do volume captado em 2017 – 993,92 l/s, em média.

A Companhia considera importante ter consolidado, de forma definitiva, o Santa Maria como um reservatório a ser utilizado mais intensamente no período de seca, podendo ser poupado, com mais intensidade, nos demais meses do ano. Em setembro de 2018, auge da seca, o Santa Maria chegou a contribuir com uma média mensal de 1.083,20 l/s, sendo de 825,30 l/s, em agosto, e de 993,45 l/s, em outubro.

O Descoberto também passou a ser poupado depois das obras de novas captações de água e de melhoria na interligação dos sistemas. Em 2018, a captação média foi de 3.392,92 l/s, uma redução de 1.383,97 l/s, ou cerca de 29% a menos do que o captado na média de 2016, que foi de 4.774,89 l/s. Com relação a 2017, período do racionamento, a redução em 2018 foi de 282,24 l/s em média, ou cerca de 7,6%. Naquele ano, a captação média foi de 3.674,16 l/s.

A Caesb destaca como fator importante dessa evolução do sistema de abastecimento as obras do Bananal e do Paranoá, bem como as intervenções que trouxeram mais flexibilidade, aumentando a capacidade de transferências entre os dois maiores sistemas da Companhia. Em 2017, quando entraram em funcionamento a partir do mês de outubro, o Paranoá contribuiu com uma média de 399,45 l/s, e o Bananal com 615,9 l/s.  Em 2018, essa contribuição foi ao longo de todos os meses, com média de 589,6 l/s no Paranoá, e de 555,92 l/s no Bananal.

Em dezembro do ano passado, com o nível do Descoberto chegando a 100% do volume útil, a Caesb voltou a abastecer as cidades do Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way (quadras 1 a 5) e parte de Águas Claras pelo Descoberto, com um aumento médio de captação da ordem de 230 l/s. Mesmo assim, a média de captação no mês de dezembro foi de 3.681,97 l/s, praticamente a mesma média de 2017 e cerca de 23% menor que a média de 2016.

01/03/19 - Caesb vai reajustar a tarifa de água a partir de 1º de abril de 2019

A Caesb vai reajustar em 2,99% a tarifa de água a partir de 1º de abril de 2019. O percentual foi definido pela Adasa, em abril de 2018, e deveria ter entrado em vigor em junho do mesmo ano. Por ocasião do racionamento e do consequente desgaste para a população, a Assembleia de Acionistas da Caesb decidiu não aplicar o índice naquele momento.

A Companhia calcula perdas financeiras que somam R$ 100 milhões em decorrência do racionamento, causado por escassez hídrica. A defasagem da tarifa provocou desequilíbrio nas contas da Empresa e a consequente redução na capacidade de investimento, essencial para manter e aperfeiçoar os serviços à população. Vale ressaltar que o percentual de 2,99% é próximo à inflação do período, que ficou em 2,95%. 

A medida é um reforço no plano de saneamento das contas da Companhia, que hoje acumula um endividamento superior a R$ 1 bilhão. O presidente da Caesb, Fernando Leite, reafirma que a atual gestão está empenhada em ações para superar a crise financeira e levar a Caesb novamente ao patamar de melhor empresa de saneamento do País.

15/03/19 - Caesb comemora o Dia Mundial da Água com evento no Lago Paranoá no dia 23/03

Programação conta com travessia do lago, palestras e show

Para celebrar o Dia Mundial da Água (22), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) preparou um evento especial à beira do Lago Paranoá para o próximo dia 23 de março.

Órgãos do Governo do Distrito Federal atuarão como parceiros para a comemoração: secretarias de Cultura, de Segurança Pública, de Comunicação, Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Companhia Energética de Brasília (CEB), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Corpo de Bombeiros, além da Embrapa Agroenergia.

A programação do Dia Mundial da Água contará com a competição de natação “Desafio Caesb” no espelho d´água, com a presença do nadador Tiago Sato. Haverá também uma visita ao ônibus Expresso Ambiental assim como palestras.

Outras atrações, como feirinha de artesanato, apresentação musical, peça de teatro, brinquedos infláveis para as crianças e a praça de alimentação com food trucks ficarão disponíveis até as 19h para todos que prestigiarem o evento. A Caesb fornecerá água potável também. Não se esqueça de levar seu copo ou caneca reutilizável.

 

► Evento: Dia Mundial da Água    ► Data: 23 de março (sábado)    ► Local: Praça da Orla, próximo à Ponte JK    ► Horário: 14h às 19h

 

PROGRAMAÇÃO

14h – Acolhimento/Músicas com DJs Raul e Marcus

15h às 16h – Palestra no Barco Escola (Autoridades e imprensa)

15h15 – Largada do Desafio de Natação

16h - Apresentação Teatro Adasa

17h – Premiação do Desafio de Natação e show com Rafa Weiby

18h – Show com a Banda Real Samba

14h às 17h30 – Visitas ao Expresso Ambiental

14h às 17h30 – Cia Teatral de Fantoches

14h às 19h – Feira de artesanato – 12 expositores

14h às 19h – Food Trucks

14h às 19h – Infláveis e pula-pula

14h às 19h – Unidade móvel de água da Caesb

 

Pagina 1 de 79