10/11/20 - Caesb doa brinquedos para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social



Arrecadação ocorreu durante o mês de outubro entre os empregados e colaboradores da Empresa Pública. Beneficiados fazem parte do Projeto Golfinho e da Creche RN Sol Nascente

 

O Dia da Criança é celebrado anualmente em 12 de outubro. Em comemoração à data, durante todo o mês, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) arrecadou, entre os empregados e colaboradores, brinquedos para doar às crianças e aos adolescentes do Projeto Golfinho.

Caixas com cartazes da campanha foram distribuídas nas unidades da Companhia. Ao todo, 386 crianças e adolescentes foram contemplados com as doações feitas pelos próprios empregados e colaboradores da Empresa, da Fundiágua - Fundação da Previdência Complementar com a Extramed, e associados da Caesb Esportiva e Social (Caeso).

As entregas das bolas, bonecas, jogos e outros brinquedos aconteceram para 100 crianças e adolescentes do Projeto Golfinho de Ceilândia e para 194 do Itapoã. Com o sucesso da campanha, a arrecadação superou a expectativa inicial, possibilitando uma entrega adicional de 92 brinquedos para a Creche RN Sol Nascente, que atende crianças de Ceilândia em situação de vulnerabilidade social.

A gerente de Qualidade de Vida e Responsabilidade Social da Caesb, Nívia Pedrosa de Oliveira, comemora o resultado e agradece o engajamento e a participação dos envolvidos. “Agradecemos a solidariedade de todos os empregados e parceiros. Foi um momento mágico ver a alegria e o sorriso das crianças ao receberem os brinquedos, em especial, em um período tão difícil que estamos vivenciando de isolamento e restrições”, diz.

Projeto Golfinho
Desenvolvido pela Caesb há 18 anos, o Projeto Golfinho tem como principal objetivo a construção da cidadania de crianças em situações de vulnerabilidade, tanto financeira quanto emocional, por meio do esporte e de apoio pedagógico para atividades escolares. Os alunos frequentam o projeto duas vezes por semana no turno contrário ao da escola. Neste período, eles têm aula de natação, futebol, participam de jogos lúdicos e recebem apoio pedagógico para atividades escolares, além de aprenderem sobre educação ambiental. Os participantes também recebem lanche e um kit com touca, sunga ou maiô, toalha, prancha, espaguete e bolsa para as aulas de natação.

Atualmente, o Projeto atende crianças e adolescentes de 6 a 16 anos nas regiões de Ceilândia, Itapoã e Paranoá. Os participantes de Ceilândia realizam suas atividades no núcleo daquela cidade. Já os alunos do Itapoã e Paranoá permanecem no Itapoã até os 10 anos. O transporte é fornecido pela Caesb para que os participantes possam chegar aos núcleos. Ao completarem 14 anos, os adolescentes são encaminhados para o projeto Empregado Aprendiz e podem trabalhar na Caesb ou em outros órgãos do governo.


Crédito das fotos: Cristiano Carvalho (Caesb)