04/06/20 - Caesb arrecada 12 mil produtos de higiene pessoal para doação



Primeiras famílias beneficiadas moram na região do Itapoã


A campanha solidária da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) para arrecadar sabonetes e barras de sabão levou um alento a 180 famílias do Itapoã, onde 250 crianças entre 6 e 16 anos de idade participam do projeto socioambiental Golfinho. Cada kit entregue contém 12 sabonetes e um pacote de barras de sabão. Incluindo os familiares, a ação pode beneficiar um público de ao menos 1,5 mil moradores de Ceilândia, Itapoã e Paranoá, regiões onde há vulnerabilidade social.

A campanha solidária foi lançada no dia 5 de maio, com a meta inicial de arrecadar ao menos 20 mil unidades de sabonetes e sabão em barra. Nesta primeira etapa, foram recolhidos 12 mil itens de higiene pessoal para ajudar famílias vulneráveis a garantir a prevenção e evitar o contágio pelo novo coronavírus.

A iniciativa da Caesb foi reconhecida e parabenizada pelos beneficiários. A dona de casa Neuza Nogueira agradeceu pelo kit recebido e enumerou todas as atividades que vai realizar com os itens: “Lavar a roupa, tomar banho e lavar muita louça. São cinco pessoas lá em casa o dia todo. Tem muito serviço”, contou sorrindo enquanto levava as barras de sabão e os sabonetes para a família.

Uma das beneficiárias, Maria Marli Pereira da Silva, avó da Maria Eduarda (9 anos), explicou que “o material de limpeza doado é importante para lavar as mãos por causa do vírus e também porque ajuda manter a casa limpa, antes de passar a água sanitária no chão. Se precisar sair de casa, sempre usar a máscara e usar álcool em gel.” Maria Eduarda completou que a doação vai ajudar muito a avó, responsável pelos cuidados da casa.

Entre os doadores estão os próprios empregados e aposentados da Caesb, associados da Caesb Esportiva e Social (Caeso), equipes do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic) e da Secretaria de Comunicação do Governo do Distrito Federal (Secom) – que se uniram à campanha e viraram pontos de coleta dos itens –, a empresária Pollyana Prudente, a Drogaria Brasil, o servidor do TJDFT, Michael Xavier, a Mirante Incorporações, que iniciou a campanha doando 2 mil sabonetes, o Shopping DF Plaza, além de advogados de Brasília e pessoas anônimas da comunidade que estão deixando suas doações nos pontos de coleta.

Para Moisés da Silva Leão, “a doação desses produtos de limpeza foi algo muito especial para combater o vírus”. Ele é pai da estudante Maísa (11 anos) que frequenta o projeto Golfinho no contraturno da escola. Nos núcleos educacionais, os jovens têm aulas de natação, futebol, participam de jogos lúdicos e recebem apoio pedagógico para atividades escolares, além de aprenderem sobre educação ambiental. Sem as atividades, interrompidas em razão do novo coronavírus, as crianças e os adolescentes precisam ficar em casa.

“Os sabonetes vão ajudar a prevenir o coronavírus porque toda vez que sair do banheiro tem de lavar as mãos, além de limpar a casa”, disse o estudante Bruno, que foi buscar o kit ao lado da mãe, Leidiane Morais.

Para doar

A campanha solidária continuará recebendo as doações nas portarias das unidades Sede e SIA da Caesb, na Secretaria de Comunicação do DF (no Palácio do Buriti) e na sede do Biotic. As novas doações vão atender o núcleo de Ceilândia, onde 150 crianças frequentam a unidade do projeto Golfinho.

Neste momento, os cuidados com a higiene pessoal podem salvar vidas. Ajude doando sabonete e/ou sabão em barra.

Onde entregar as doações

Sede da Caesb (Lotes 13 / 21 – Centro de Gestão de Águas Emendadas, Av. Sibipiruna – Águas Claras)

Unidade da Caesb no SIA (Lote F – SAPS, SIA Trecho 1)

Secretaria de Comunicação do DF (Portaria do Palácio do Buriti, Térreo)

Biotic (Parque Tecnológico de Brasília, Lote 4, Edifício de Governança, Bloco “B”, 2º Andar, entre o Parque Nacional e a Granja do Torto)

Mais informações

Quem quiser participar da campanha e não puder levar a doação até um dos pontos, pode entrar em contato com a Assessoria de Comunicação da Caesb pelo número 3213-7117.


Crédito das fotos: Marco Peixoto (Caesb)